quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Distância





Não sei bem ao certo se sou eu ou é você
Se fui eu que dei o passo o maior que nos afastou, mas eu sinto a distância
Sinto bem naquele ponto do meu coração. Aquele ponto que quando tocado faz chorar, sinto que a distância nos afastou de maneira bem drástica.
Eu preciso fazer as perguntas? Saber se está tudo bem?
Tenho eu o dever de dizer oi e falar para que lembre de valorizar o que eu faço, sendo que esse é um de seus deveres?
Disso tudo tiro uma conclusão mais que dolorosa, para alçar qualquer sucesso não com você que irei contar como promoção
Trágico isso, não?
Esse drama me envergonha!
Mas de tudo o que passei, todos as situações que observei, foi a essa conclusão que cheguei
De repente do nada me vi caminhando sozinha, com eventuais ajudas, porém essas ajudas só me tiraram do fundo do poço que eu já havia caído
Saber que você me cobra tantas coisas, deposita em mim sua crença de sucesso, entretanto nem sabe o que faço para que isso aconteça e se torne algo de orgulho para você
Você desconhece o que eu produzo, o que eu penso. Será que eu preciso mesmo escrever um bilhete contando minhas descobertas?
Você não nota que isso só aumenta mais a distância entre nós?
Não vê que sua falta de comentário só me faz perceber ainda mais que o que interessa a você em relação a mim é apenas sucesso, mas já parou para pensar que você pode se decepcionar?
Já pensou no turbilhão que vira a minha cabeça quando penso nisso?
Sinto-me tão hipócrita em escrever isso.
Mas só queria um espaço na sua vida. Mesmo que não seja aqui do meu lado, mas só queria que você visse tudo o que sou capaz, porque eu sei que você não sabe.



Thaza

3 comentários:

  1. Se ele não sabe, azar o dele...
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Dúvidas! Cruéis e insistentes, mas é isso ai bola pra frente a vida continua e o sol nasce para todos.
    Bjo
    Keli

    ResponderExcluir
  3. oin tchubi... quanta dor, mas é lindo o texto...
    :)
    beijos

    ResponderExcluir